UOL Esporte - Copa 2006UOL Esporte - Copa 2006
UOL BUSCA

30/06/2006 - 09h12

Presidente Yushchenko reforçará torcida ucraniana em Hamburgo

Das agências internacionais
Em Kiev (Ucrânia)
O time da Ucrânia terá o apoio de seu maior fã durante o jogo contra a Itália, nesta sexta-feira, em Hamburgo. O presidente Viktor Yushchenko acompanhará de perto o desempenho da seleção.

"O presidente irá até a Alemanha hoje por algumas horas para fazer uma visita relâmpago", disse a porta-voz Iryna Gerashchenko. "Em um jogo desta natureza, o presidente precisa estar com o time para dizer aos jogadores, em nome de milhões de torcedores, que eles já conseguiram um grande feito", completou.

Os próprios jogadores pediram esta semana que o presidente fosse até Hamburgo, dizendo que sua presença daria mais "inspiração e aumentaria a confiança da equipe."

Uma carta assinada pelo capitão Andriy Shevchenko, pelo técnico Oleg Blokhin e pelo chefe da federação ucraniana de futebol, Grygoriy Surkis, foi enviada ao presidente.

"Temos certeza que sua visita também será importante para nossa campanha com a Polônia para receber as finais da Eurocopa 2012", diz um trecho da carta.

Yushchenko tem acompanhado o desempenho da seleção, telefonando a Surkis no dia de cada jogo para parabenizar o time.

A Ucrânia participa pela primeira vez da Copa do Mundo como uma nação independente. A classificação para as quartas-de-final é o melhor resultado de uma ex-república Soviética desde a queda da União Soviética, em 1991.

SELEÇÕES