UOL Esporte - Copa 2006UOL Esporte - Copa 2006
UOL BUSCA

10/06/2006 - 15h50

Goleiro Hislop, de 37 anos, entra na emergência e se destaca

Das agências internacionais
Em Dortmund (Alemanha)
O goleiro Shaka Hislop não entraria em campo neste sábado para defender a meta de Trinidad e Tobago - o nome previsto era Kelvin Jack. No entanto, ele entrou, e não só deu conta do recado como foi um dos destaques da partida.

Jack sentiu uma contusão no aquecimento, e por isso foi substituído às pressas por Hislop.

"Eu falei: 'Você vai entrar'. Ele respondeu: 'Estou pronto'", contou o técnico Leo Beenhakker.

E realmente estava. Hislop comemorou sua atuação histórica: "Foi um sonho de infância que virou realidade. Nem sei como explicar. Só soube que entraria pouco antes do jogo. Mas, às vezes, é mais fácil desse jeito".

A atuação do goleiro, que tem 37 anos e defende o West Ham United, time da primeira divisão inglesa que disputou a final da Copa da Inglaterra em maio, rendeu elogios do treinador rival Lars Lagerback, da Suécia.

"O goleiro deles fez algumas grandes defesas", reconheceu o treinador, que ainda ressaltou o bom jogo defensivo do rival caribenho. "Fomos muito melhores, mas eles mostraram raça e se defenderam muito bem", ressaltou. "Claro, foi decepcionante porque não marcamos".

A próxima partida da Suécia é contra o Paraguai, nesta quinta-feira. Enquanto isso, no mesmo dia, Trinidad e Tobago enfrenta a líder Inglaterra, que bateu os sul-americanos por 1 a 0 neste sábado.

SELEÇÕES